Tags

, , , , , ,

Não falo muito sobre música aqui e nem sei o motivo disso, já que não vivo sem. Mas vou mudar isso e começando com cinco motivos para você ouvir (e amar) a linda cantora britânica Natasha Bedingfield.

Sabe esse tipo raro de artista que não se vende? É ela! Apesar de cantar música pop, ela sabe que tem uma voz e mente poderosas e não precisa sair por aí mostrando a bunda ou o peito para conquistar mais fãs. E essa, no mercado fonográfico de hoje é uma atitude louvável, não é?

Então vamos à lista de motivos para você ouvir as músicas dela. Como são cinco motivos, eu lhes apresento cinco músicas (foi difícil escolher isso!). Divirtam-se!

1. Ela escreve (e muito bem) suas próprias músicas.

.

“Ninguém mais pode sentir isto por você/ Somente você pode deixar isto entrar/ Ninguém Mais, ninguém mais/ Pode dizer as palavras em seus lábios/ Mergulhe em palavras não ditas/ Viva sua vida com os braços estendidos/ Hoje é quando seu livro começa/ O resto não está escrito”. Unwritten

Nada de alusões ao corpo, a quantos homens ela pegou/vai pegar, sobre como ela quer dançar. As letras para Natasha são coisa séria. Ela fala muito sobre felicidade, sobre aceitação, auto-estima e coisas importantes. Sempre tem uma mensagem, bem clara, que deixa muito espaço para reflexão. Quero tatuar todas as letras dela no meu corpo, para nunca mais esquecer. #aloka! kkk

2. Ela é diferente do que temos por aí

.

Na vida de Natasha não tem nada de silicone, de microcomprimentos, de barraco. Ela não se importa tanto com como vai se vestir, mas sim em como vai se apresentar. Se importa com a opinião dos fãs e se esforça sempre para trazer música de qualidade para eles. Yay!

3. Parcerias bombadas

.

Ela fez músicas em parceria com várias feras da música como Bruno Mars, Rascal Flatts, Adam Levine e Simple Plan. E foram todas lindas e muito bem-sucedidas.

4. O cinema a ama!

.

As músicas da cantora foram incluídas em vários filmes, como “A Verdade Nua e Crua”, “Vestida para Casar”, “Easy A”, “Noivas em Guerra”, “Manhã Gloriosa” e “O Noivo da Minha Melhor Amiga”. Além de ser a abertura da série (<3) “The Hills”. Se os produtores a amam tanto, tem de haver um motivo, né?

5. Ela canta de verdade.

.

Em um mundo em que temos de ouvir “cantoras” como Ke$ha e Britney, que, me perdoem os fãs, não se garantem na hora de cantar sem o auxílio dos recursos de um estúdio, Natasha Bedingfield é uma salvação. A voz dela ao vivo/em estúdio é praticamente a mesma, com qualidade indiscutível!

Ah, eu já mencionei o lindo sotaque britânico? Pois, é… Só, sabem para o caso de vocês precisarem de um incentivo extra…

Ótima, não é? Vamos ajudar a divulgar um talento como esse, pessoal. Com tanta coisa dispensável fazendo sucesso por aí (Alô, LuizadoCanadá!), por que não divulgar e ajudar a colocar lá em cima artistas de verdade como a Natasha? Compartilhem, divulguem… Ela merece. :D

E aí, ouviu as músicas que eu separei? Curtiu? Deixa sua opinião ai embaixo, nos comentários.

Anúncios