Tags

, , , , , , ,

Finalmente chegou o evento mais esperado do ano. Todo o mundo cinematográfico para, as fashionistas se preparam para uma cobertura minuciosa, as mulheres em geral afiam o senso crítico para falar bem ou mal das atrizes e seus vestidos no red carpet… Ah, eu adoro essa época!

Honestamente, não estou nem aí para os prêmios. Deixei de gostar do Oscar anos e anos atrás, quando percebi que nada, absolutamente nada do que eu gostava iria ganhar. Mesmo. Sempre que eu torcia por algum filme, ele perdia. Então deixei de levar a sério o que os componentes da Academia pensavam.

Mas, no red carpet, ao menos aqui no blog, eu escolho quem é melhor e quem é pior. E como eu adoro ter o controle (kkk), já vinha me preparando há tempos para o Oscar 2012. Então, vamos lá, à cobertura completíssima que o evento exige. Como tem muita informação, dividi os posts. Teremos este, com o red carpet em geral, um com as mais bem vestidas e um de beleza, ok?

Vem comigo!

Comecei com os tons mais claros. Todas as celebs dessa montagem optaram por longos brancos. As melhores, para mim, foram:

Gwyneth Paltrow – só quando ela está sem essa capa pavorosa! -, de Tom Ford. Adorei o minimalismo do look e a elegância que ela conseguiu como resultado. Impecável.

E Shailene Woodley, num Valentino Couture. É raro eu gostar de longos com manga longa, mas achei esse vestido muito bonito. Só é um pouco maduro de mais para uma garota jovem como ela.

A Princesa Charlene Wittstock vestiu Akris e Li Bingbing usou um Georges Chakra Couture.

Octavia Spencer (vocês viram como ela foi fofa quando subiu ao palco para receber o prêmio? Supermereceu!) escolheu o vestido certíssimo para o tipo de corpo dela. O desenho da cintura, com riscas na diagonal, deixaram a cintura menor, e as mesmas riscas tornaram o quadril mais fino. O vestido é Tadashi Shoji.

Penelope Ann Miller usou um vestido rosado e com pedrarias. Veste muito bem e eu já até salvei o modelo aqui para usar como inspiração no futuro. Quem assina é Badgley Mischka.

Bérénice Bejo estava de Elie Saab e Cameron Diaz de Gucci. Ainda não aceito o que a Cameron fez com o cabelo dela.

Adorei o vestido da Kristen Wiig, um J. Mendel nude. Só acho que ela poderia ter colocado uma cor mais vibrante na boca, tipo um vermelho, para não ficar apagada demais, sabem?

Kate Mara usou um Jack Guisso Couture, que eu achei parecidíssimo com um Elie Saab que vi numa das coleções passadas. Vou até buscar aqui nas minhas pastas para me lembrar de qual coleção e mostro para vocês.

Natalie Portman usou (é claro!) um vestido Christian Dior Haute Couture.  Achei o vestido bem feio. Parece uma capa de botijão. Além do mais, deixou-a menor e mais gordinha.

Jane Seymor usou um longo brilhante Pamella Roland.

E a fofíssima da Emma Stone escolheu um Giambattista Valli. Eu não sei como ela poderia não ficar bonita, mas ainda tenho dúvidas quanto a este vestido. Não sei se amo ou odeio. 

Não descobri de quem é esse vestido que a Virginia Madsen usou, mas ele é horroroso. Parece um embrulho de bombom ou algo do tipo.

Sarah Hyland (mais uma celeb para ficar de olho, porque tem um super bom gosto) vestiu um longo Alberta Ferretti. E Maya Rudolph usou um Johanna Johnson, que não me conquistou.

Leslie Mann atravessou o tapete vermelho usando um vestido Roberto Cavalli.  Não achei nada excepcional. Ficou OK.

Penelope Cruz usou um Giorgio Armani até interessante, mas estragou o look com um cabelo de avó. 

Anne Mumolo vestiu um longo turquesa Pamella Roland Missi Pyle optou por um Valentina Delfino, que tinha tudo para ser lindo, não fosse essa ‘faixa’ abaixo da coxa.

Também apareceu quem gosta de brilhoMeryl Streep arriscou um vestido ultra dourado de Lanvin. É uma cor para quem é mais risk-taker, mas achei que ficou lindo nela. Só poderia alternar um pouco o modelo de vestidos que usa. Já vi esse contruação antes…

Judy Greer, a eterna BFF dos filmes hollywoodianos, vestiu um longo Monique Lhuillier. Achei muito simples, apesar de contar com os efeitos de brilho. O cabelo também poderia ter contado com mais dedicação.

Ellie Kemper brilhou, literalmente, num de Armani Privé cor de cobre. E Shaun Robinson vestiu Romona Keveza, o que foi uma má, má escolha.

Nina Garcia esteve linda, simples e elegante, ao mesmo tempo, num longo Jean-Paul Gaultier. Adoro vestidos assim, que mesmo simples, são lindos e chiques. E ela nem precisou de muito para complementar o look, perceberam?

Anna Farris usou um longo sequinho e com mangas longas Diane Von Furstenberg. O vestido é até bonito, mas esse cabelo dela me incomoda. Não ornou e a deixou com uma aparência de ser anos e anos mais velha.

Julia Crimond vestiu David Meister. Ela tem uma cara de que, não importa qual grife esteja usando, vai ficar com a aparência de uma pessoa deslocada.

E Tina Fey, que estava bem elegante,  num vestido Carolina Herrera. Só que é o tipo de vestido que é preciso usar com cautela: como ele é mais largo no quadril e, além disso, tem essa ‘segunda camada’ de tecido acadando nessa região, a probabilidade de você conseguir a ilusão de quilinhos extras no quadril é enorme.

Busy Philipps esteve linda, num Dolce & Gabbana rendado. Simples e chique, do jeito que eu gosto.

Sandra Bullock vestiu um Marchesa, pelo qual eu não me apaixonei. Ele parece meio disforme na região do tronco e deixou a cintura com um aspecto esquisito.

Jessica Chastain optou por um Alexander McQueen e Nancy O’Dell esteve num vibrante Chagoury Couture amarelo-canário. Ousada!

Ahhh, e as piores da noite. Shame on you, girls!

Stacy Keibler, a vaca sortuda namorada do maravilhoso George Clooney usou um não tão maravilhoso vestido Marchesa. O que destruiu o look? Essa flor horrível no quadril. Pelamor! Ou você usa o vestido ultra brilhante, ou usa o vestido com a flor. Os dois não dá!

Viola Davis me decepcionou. Já estava acostumada a listar a atriz como uma das mais bem vestidas em todos os eventos, e eis que ela me apronta essa… Num Vera Wang verde pavoroso, Viola entrou, desta vez, para a malfadada lista das piores da noite.  

Louise Roe vestiu um Black Halo que era a definição da palavra exagero. Foi tanto efeito nessa saia do vestido que eu fiquei até perdida. Socorro!

Anne-Sophie Bion foi fantasiada de saco de lixo ou a louca da lona. Não sei quem criou esse… vestido, mas a pessoa estava, certamente, fora de si, não é? Isso é vingança, colega! Será que ela não tem uma amiga?

E, claro, Gleen Close, que quase nunca me agrada. É muito, muito raro eu gostar de algo que ela veste. Dessa vez, o designer escolhido foi Zac Posen, mais um que não me encanta há muito tempo. O vestido é muito feio, logo, não gostaria dele nem se Michelle Williams o usasse. Então, não tinha como eu gostar desse look. E acho que esse blazer, com a mesma cor/tecido do vestido, deixou tudo pior.

UFA! Parte 1 encerrada. O que vocês acharam, anjinhos? Comentem tudo! Vamos fofocar, que hoje é dia. E fiquem ligados que ainda tem muito post por aí, viu? Se entreguem ao F5! haha

Beijos!

Anúncios